Páginas

"Durma com ideias, acorde com atitude!"

Tarde da Bênção - 25/06







Nesta quita-feira (25/06) às 18:00 horas houve mais uma Tarde da Bênção na Igreja Assembléia de Deus – Sede.em jiparana igreja esta presidida pelo pr.Sadraque Muniz 

Desculpe, foi engano...



Era uma vez um rapaz que tinha muitos problemas, como todos nós temos. Constantemente, em suas preces, ele pedia que Jesus viesse visitá-lo no seu sofrimento. “Sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém for temente a Deus, e fizer a sua vontade, a esse ele ouve. (João 9:31),mas o intuito deste rapaz era realmente se arrepender e, Jesus que é Onipotente e Onipresente, já sabia disto”.

Um dia, Jesus bateu a sua porta. O rapaz maravilhado nem conseguia acreditar no que estava acontecendo, rapidamente convidou-o a entrar, e Jesus entrou e sentou-se no sofá da sala.

Na mesinha de centro encontrava-se uma Bíblia aberta no Salmo 91, costume de muitos que acham que isto resolverá seus problemas. Bíblia aberta em uma única página sem seu manuseio, sem a devida leitura, a única coisa que realmente pode acontecer é ela ficar amarelada com o tempo.

Numa das paredes estava pendurado um bordado com o Salmo 23 e na outra um quadro da santa ceia. O cristão após ter se convertido, mostra sinais como estes. "Senhor Jesus", disse o jovem, "em primeiro lugar gostaria de dizer que é uma honra recebê-lo em minha casa, conforme o Senhor deve saber, estou passando por algumas dificuldades e preciso muito da Sua ajuda..."

Vemos aqui, que este rapaz agiu exatamente como a maioria das pessoas do mundo. Passam a maior parte de seu tempo vivendo pelo seu próprio conhecimento e saber, esquecem de Deus e, nas suas horas de aflições e angústias se lembram de chamá-Lo.

Mas Jesus, muito sábio, como podemos verificar na Palavra de Deus, interrompeu o jovem e disse:"Filho", “antes de conversarmos sobre os seus pedidos, embora conheça suas necessidades, gostaria de primeiro conhecer sua casa”. ”Onde é o lugar que você dorme?”.

No mesmo instante o rapaz se lembrou que guardava, no quarto, umas revistas terríveis e se apressou em dar uma desculpa: "Não, Jesus, lá não! Meu quarto não está arrumado!"

"Bem", disse Jesus, "e a cozinha, posso conhecer sua cozinha?" O rapaz lembrou que na cozinha havia algumas garrafas de bebida que ele não gostaria que Jesus visse. "Senhor, desculpe, mas prefiro que não", respondeu o rapaz, "a minha cozinha está vazia, não tenho nada de bom para oferecê-lo”.Neste instante, um barulho forte interrompe a conversa. Pam, pam, pam...! Era alguém que batia furiosamente na porta, o rapaz se levantou, assustado, e foi ver quem era. Abriu a porta meio desconfiado, e viu que era o diabo. "Sai da frente que eu quero entrar!", gritou o tentador. "De jeito nenhum", respondeu o rapaz, e assim começou a batalha. Com muita dificuldade o rapaz conseguiu empurrar o diabo e fechar a porta.

Cansado, o jovem voltou para sala e continuou: "Então, Jesus", disse ele, "como eu estava falando com o Senhor, estou precisando de tantas coisas..." Mas, outra vez a conversa é interrompida por um barulho forte que vinha da janela do quarto. O rapaz correu para ver quem era e ao abri-la se deparou, novamente, com o diabo: "Agora não tem jeito, eu vou entrar!", disse o inimigo. Mais uma vez o rapaz se debateu com ele e conseguiu trancar a janela.

"Senhor", disse ele, "desculpe a interrupção, conforme lhe dizia..." Outra vez, dos fundos da casa, se ouvia tamanho barulho como se alguém quisesse arrombar a porta, era novamente o diabo: "Eu quero entrar!" O rapaz, já exausto, lutou com ele e conseguiu mantê-lo do lado de fora.

Ao voltar, contrariado, disse a Jesus: "Eu não entendo. O Senhor está na minha casa e por que o diabo fica insistindo em entrar?” "Por que ele não me deixa em paz, vive me perseguindo?"

"Sabe o que é meu filho", explicou Jesus, "é que na sua casa você só me deu a sala”.

O rapaz humildemente entendeu a lição de Jesus e se arrependendo de todos os seus pecados, reconhecendo que era realmente um pecador falido, fez uma faxina na casa para entregá-la aos cuidados do Senhor.

Neste instante, o diabo bateu mais uma vez à porta. O rapaz olhou para Jesus sem entender, e o Senhor disse: "Deixe que eu vou atender”. Quando o diabo viu que era Jesus, que atendia a porta, disse: "Desculpe, foi engano”, e sumiu velozmente.

Muitas vezes, é assim que acontece com o nosso coração. Entregamos a Cristo Jesus somente uma parte dele, apenas a sala, ficando as dúvidas a morar no quarto, o acaso na cozinha, o medo na varanda, então batalhamos, lutamos, oramos e não vencemos mas porque? Ora, a resposta é simples: A casa está dividida. Acontece também com aquele cristão que quer se deixar levar pela carne... um pé no mundo e outro na igreja com Jesus, certamente terá muitas provações, e suas orações não serão respondidas

A Palavra de Deus diz que:

Os olhos do Senhor estão em todo lugar, vigiando os maus e os bons. (Pv. 15:3).

Porque os caminhos do homem estão diante dos olhos do Senhor,

o qual observa todas as suas veredas. (Pv. 5:21).

Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor. (Salmos 34:15).

Medite nisso, se você leu esta mensagem"Desculpe, não foi engano..."

Daniel Borges

Fonte: www.danny.hpgvip.com.br

Duas Sementes



Duas sementes descansam lado a lado no solo fértil na primavera. A primeira semente disse:

- Eu quero crescer! Quero enviar minhas raízes às profundezas do solo e fazer meus brotos rasgarem a superfície da terra... Quero sentir o calor do sol em minhas folhas e a benção do orvalho da manhã em minhas pétalas!

E assim ela cresceu.

A segunda disse:

- Tenho medo. Se eu enviar minhas raízes às profundezas, não sei o que encontrarei na escuridão. Se rasgar a superfície dura, posso danificar meus brotos... e se eu deixar que meus botões se abram e um caracol tentar comê-los?! E se abrir minhas flores e uma criança me arrancar do chão? Não é muito melhor esperar até que eu me sinta segura?

Uma galinha ciscando no solo da primavera recente, à procura de comida, rapidamente a encontrou e comeu a semente que estava à espera de segurança.

A primeira semente, sabia das bênçãos que Deus tem preparado. Ela sabia que se rasgasse o solo abaixo, quando ela geminasse e surgisse da terra, num pequeno e simples broto, cresceria e e tocaria sua pétalas e quando o sol nascesse tocaria suavemente suas folhas e assim se tornaria uma grande e frondosa roseira. E aconteceu exatamente dessa forma, Deus a abençoou."A minha raiz se estendia junto às águas, e o orvalho permanecia sobre os meus ramos. (Jó 29:19).

Ao passo que a segunda, mesmo tendo tão grande amiga para aconselhar - a roseira - e ouvindo tão bons conselhos, achou por bem ficar sobre o solo e sequer tentou. Ao estar aguardando por segurança, sequer viu o sol.

Assim devemos ser quando tivermos um desafio, não devemos hesitar e recuar, precisamos ir em frente, e continuar sempre e sempre, com esperança, fé e amor. Esse é o desejo do Senhor Jesus "Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele". (Hebreus 10:38). Desistindo, jamais nos sentiremos seguros e sim seremos covardes. "As obras das suas mãos são verdade e juízo, seguros todos os seus mandamentos". (Salmos 111:7).

por Daniel Borges

fonte:www.danny.hpgvip.com.br

LEIA ISTO..

"Só existe uma coisa mais dolorosa do que aprender com a experiência: não aprender com a experiência". Archibald McLeish


Nada é mais perigoso que um bom conselho acompanhado de um mau exemplo.


Coelho Neto dizia: "Um pai, ainda o mais pobre, tem sempre uma riqueza para deixar aos filhos: o exemplo". E sabemos, o exemplo fala mais alto que as palavras.


A frase é do papa Paulo VI, mas nem por isso é inválida: "Os jovens de hoje não querem mestres, querem testemunhas". Querem pessoas que creiam nos valores que propagam.


Um provérbio árabe diz: "Se o pai for a cebola e a mãe o alho, como pode o filho cheirar como um doce perfume?"


Os filhos são ariscos, mais do que os peixes. Eles observam os exemplos dos pais. E, quando menos se espera, eles escapam. - Timofei Diacov, em O Jornal Batista.


Um pai sempre ia tomar cachaça numa tendinha. Seu filho ia atrás colocando os pés nas marcas dos seus pés. Resultado, o filho tornou-se tal qual ele: um bêbado.


"Só existe uma maneira segura de fazer com que a criança ande pelo caminho reto: consiste em você trilhar este mesmo caminho". Abraham Lincoln, 16º presidente, abolicionista, que morreu assassinado, EUA, 1809-1865.


Um pensador disse que "nada penetra tão profundamente o espírito humano, quanto o exemplo". De fato.


O jovem buscou batismo numa igreja evangélica. Na profissão de fé, perguntaram-lhe: "Como se deu sua conversão?". Ele respondeu: "Pela leitura do quinto evangelho". Os irmãos estranharam, enquanto o jovem concluía: "Eu li o evangelho na vida de minha mãe". As pessoas à sua volta lêem a Bíblia através de sua vida?


“Só há um modo de fazermos com que a criança trilhe o caminho certo: trilhando este caminho nós mesmos.” Abraão Lincoln.

"Se o horário oficial no Brasil é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta?"


"Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. É a única." Albert Schweitzer.

Investimento




A igreja existe para investir em vidas, não em paredes.


O sujeito acaba de assumir o comando de uma importante multinacional e, no dia de sua posse, recebe três envelopes do seu antecessor: - Abra cada um deles, toda vez que se deparar com um problema difícil - aconselha o ex-presidente. As coisas parecem que iam caminhando bem até que alguns meses depois a empresa começa a dar prejuízo. Ele abre o primeiro envelope: "Culpe o seu antecessor"! Ele reúne-se com os acionistas, mostra gráficos e consegue provar que a culpa era do seu antecessor. Animados com o discurso, os acionistas voltam a investir e logo a empresa se recupera. Mais alguns meses se passam, o lucro desaparece, ele abre o segundo envelope: "Corte custos". Imediatamente ele reúne a diretoria e exige cortes drásticos em todas as áreas. No mês seguinte os resultados já começam a ser satisfatório novamente. Passa-se mais um ano e novamente a empresa volta a dar prejuízo. Ele abre o terceiro envelope: "Prepare três envelopes"!


Um especialista em crescimento da igreja, declarou isto numa de suas palestras: "Para que a igreja seja uma igreja saudável, ela precisa investir na saúde dos relacionamentos familiares".


O lugar mais rentável para se investir dinheiro é no Reino de Deus.


Conta-se que numa cidadezinha do interior residia um pipoqueiro que tinha amor ao seu oficio e o desempenhava à perfeição. Só utilizava o melhor milho e o melhor óleo, sua panela e seus apetrechos eram mantidos imaculadamente limpos e tinha u'a mão magistral para dosar o sal. Todos os dias percorria as ruas da cidade, empurrando seu carrinho de alumínio reluzente. "Pipocas Quentinhas" - gritava, apregoando seu produto. "E Boas de Sal", arrematava, enquanto um cartaz com letras de 10 centímetros de altura, preso ao carrinho, anunciava as virtudes de suas pipocas. Os fregueses não se faziam de rogados e arrebatavam-lhe das mãos os saquinhos transbordantes de pipocas. Animado pela receptividade de sua clientela, o pipoqueiro selecionava mais cuidadosamente ainda o milho, renovava o óleo com mais freqüência e caprichava mais ainda no sal. Chegou até a encomendar saquinhos coloridos para tornar mais atraente a embalagem de seu produto. Enquanto iam de vento em popa os negócios do pipoqueiro, chegou o período das férias escolares e voltou à casa paterna seu filho de 22 anos, estudante de Administração e Economia numa das faculdades do Rio de Janeiro. Após os abraços e proverbiais perguntas sobre parentes, amigos e conhecidos, pai e filho entretinham-se em conversação amena quando, indagado sobre o andamento dos negócios, o pai passou a descrever o sucesso de seu trabalho e confidenciou ao filho seus projetos de expansão. Pretendia contratar um ajudante e, além do carrinho, montar uma barraca fixa num dos melhores pontos da cidade. O filho ouviu-o com um olhar de incredulidade e desaprovação e disse: "Papai, o senhor deveria ser mais cauteloso e pensar melhor antes de prosseguir com seus projetos de investimento e expansão. A economia do país entrou em fase de desaquecimento e os indicadores conjunturais prognosticam tempos difíceis sendo iminentes novas medidas restritivas por parte das autoridades monetárias". E prosseguiu por uns bons 20 minutos não poupando referências à estagflação, à crise energética, ao balanço de pagamentos, ao desemprego, à capacidade ociosa da indústria de bens de capital, à política cambial e a toda uma plêiade de efeitos, conseqüências e implicações cujo impacto sobre a conjuntura econômica seria dos mais desfavoráveis. O pipoqueiro era homem de poucas letras e, portanto não lia as notícias econômicas nos jornais e tampouco lhe interessavam os telenoticiários e, evidentemente, ignorava tudo que seu filho lhe contava. Tampouco compreendera o sofisticado jargão do filho, mas orgulhava-se de ter, com muito sacrifício, conseguido enviar à Capital seu primogênito que, após dois anos de estudos, já revelava tão profunda compreensão da situação econômica do país. Nada daquilo fazia qualquer sentido para ele mas, como poderia deixar de ter razão um rapaz que argumentava com tanto brilho e usava de um linguajar tão elevado? No dia seguinte, segunda-feira, o pipoqueiro saiu para o trabalho, desanimado, empurrando seu carrinho. Achou que não lhe adiantaria gritar o seu pregão e percorreu o seu caminho de sempre, absorto em pensamentos negativos. Seus clientes habituais continuaram a procurá-lo, apesar de alguns comentarem que o acharam algo mal-humorado e menos atencioso naquele dia. Na terça-feira, retirou o cartaz que era pesado e teria pouca utilidade na situação que o filho lhe tinha descrito. Na quarta, deixou de renovar o óleo e alguns clientes reclamaram do sabor algo rançoso das pipocas. Na sexta, errou a mão no sal e recebeu várias reclamações. No sábado, sua clientela já estava reduzida quase à metade. Ao regressar à casa, encontrou o filho refestelando-se na rede, enquanto lia o suplemento econômico de um jornal de grande circulação. Cansado e desiludido, dirigiu-se ao brilhante rapaz: "Meu filho" - disse - "você tem toda a razão! Não dá mais pra negar, os tempos estão ficando bicudos". (Peter Barth - publicado no Jornal do Brasil, Domingo 12/04/81, sob o título "Uma Parábola dos Nossos Dias").


Há uma lenda que conta sobre uma famosa corredora grega que sempre se sagrava vencedora, especialmente nas corridas regionais. Era impressionante ver-se a agilidade da jovem nos esportes porque a sua destreza superava à de todos os demais atletas que competiam. Isso vinha trazendo aborrecimentos sérios para vários competidores. Certo dia, um deles planejou um expediente para derrotar sua rival na corrida, que aconteceria nos jogos olímpicos daquele ano. Seria um investimento de alto custo, mas, com a derrota da sua mais forte adversária, ele seria compensado com os prêmios valiosos que receberia. Chegado o dia da corrida, ele levou para o estádio várias esferas de ouro puro. Quando foi dado o sinal de partida, ele empenhou-se de tal forma até passar à frente da rival que de início sempre poupava as suas forças. Uma vez à sua frente, enquanto corria, o atleta deixava cair de vez em quando uma das preciosas esferas de ouro. Fascinada pelo brilho intenso do metal e ambicionando tê-lo em suas mãos, a jovem corredora abaixava-se a todo momento para apanhar as esferas. Enquanto isto, os companheiros que ela havia deixado para trás aproximavam-se e o dono do projeto já ia muito longe. Quando a competidora percebeu o seu atraso, especialmente em relação ao da frente, já era tarde demais. Reuniu todas as forças em reserva e conseguiu distanciar-se dos que vinham na sua retaguarda, contudo não pôde alcançar aquele que passou à sua frente. Perdeu o prêmio porque tirou os olhos do alvo para se deter, recolhendo as argolinhas de ouro. Cristo representa para nós o alvo máximo a ser atingido. Somos os atletas, que neste mundo correm perseguindo este alvo supremo. Isto, entretanto, demanda esforço, luta, sofrimento, preparo, confiança e otimismo. É fundamental e necessário esquecer as coisas que deixamos para trás, avançando com os olhos fitos "naquele que nos fortalece "; até possuí-lo em toda a sua plenitude.


Ouvi de um pastor o seguinte comentário que me chamou sobremodo a atenção: "Uma bola em minhas mãos, não passa de um brinquedo; uma bola nas mãos de um craque do basquete significa muitas cestas. Uma raquete de tênis em minhas mãos não passa de um objeto; uma raquete nas mãos de um tenista profissional torna-se fator de campeonato. Uma vara nas minhas mãos não passa de uma frágil parte de vegetal; uma vara nas mãos de Moisés dividiu o Mar Vermelho em duas muralhas de água. Cinco pães e dois peixes dariam, quando muito, para umas três pessoas enganarem sua fome, mas os mesmos cinco pães e dois peixes nas mãos de Jesus, alimentaram muito mais de cinco mil pessoas". Ao ouvir tais comparações, fiquei a meditar em minha vida: onde eu tenho colocado o que sou e tenho? Em minhas próprias mãos, meus recursos pouco realizam; mas se eu os colocar nas poderosas mãos do grandioso Deus, minha pequena capacidade vai abençoar muitas pessoas. Meus parcos recursos financeiros, se confiados à sábia administração de Deus, vão ser multiplicados muitas vezes e farão coisas extraordinárias no reino de Deus.

www.sfnet.com.br

A HORA DO HOMEM E O TEMPO DE DEUS



1.1 Introdução:
O texto quer logo mostrar uma preocupação de Lucas para informar a verdade a um certo Teófilo sobre Jesus. Na verdade este texto tem uma ligação muito grande com o início do ministério de Jesus, pois este texto irá falar a respeito do início do ministério da Igreja. No início de seu ministério Jesus foi para o deserto e ali esteve sozinho por 40 dias (Mt.4.1-2), e depois da ressurreição Jesus ficou 40 dias ensinando sobre o reino de Deus (v.4). O Pentecostes acontece 50 dias depois da Páscoa. Sendo assim, os discípulos ficam 10 dias em uma inquietação a respeito das coisas que iriam acontecer. A pergunta é o que fazer: ir à frente de Deus? Ou esperar e confiar na palavra de Jesus o qual disse: “E comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai...? (v.4). Assim como foi difícil para os discípulos esperarem por uma promessa feita pelo próprio Jesus, é difícil também para nós, hoje, quando estamos passando por dificuldades e queremos o mais rápido possível uma ação de Deus. Muitos não sabendo esperar passam a frente de Deus e acabam sofrendo grandes conseqüências.

1.2 Transição: Por que é tão difícil esperar?

1.3 Porque muitas vezes não entendemos a ação de Deus na espera:
É no momento de espera que Deus realmente quer nos conhecer, pois a Bíblia está cheia de exemplos de pessoas que não souberam esperar. Um deles foi Saul, que não soube esperar e acabou perdendo o reino (I Sm 13.8-14). Quantas pessoas assim como Saul que não souberam esperar pela ação de Deus e perderam seus cônjuges, sua família, seus amigos, empregos etc.

• É no momento de espera que Deus quer ver de nós:
1)A nossa obediência: “determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém” (v.4);
2) A nossa paciência: “...mas que esperassem...”; (a maior dificuldade na espera é a paciência)
3) A nossa confiança, estritamente nele: “...esperassem a promessa do Pai,...”;
4) A relembrar de tudo o que Deus já fez por nós: ... a qual, disse ele, de mim ouvistes.

1.4 Porque queremos que as coisas aconteçam sempre no nosso tempo e da nossa maneira:
Hoje em dia as pessoas estão em busca daquilo que é rápido e passageiro. Toda a tecnologia quer levar a humanidade para a “rapidez e facilidade” (exemplo o computador e a internet banda larga). Quando os discípulos perguntaram a respeito do “tempo” a Jesus no verso 7, usaram a palavra Khrónos, que no grego significa: tempo longo ou breve, breve tempo, um certo tempo, o nosso tempo, tempo humano. Perguntaram porque queriam que as coisas acontecessem com uma certa urgência e rapidez. A resposta de Jesus sobre o tempo foi à palavra kairós, que no grego passa a idéia de:

• União e harmonia, como se fosse uma justa medida, lugar, ponto justo:
Pensando em harmonia, temos que ter certeza que toda decisão fora do tempo de Deus deixa dúvidas, embaraços, questionamentos. As coisas parecem que não se encaixam, parece que só vão se tornar realidade “forçando a barra”. É preciso saber que quando for o tempo de Deus as decisões terão uma harmonia e tudo se unirá.

• Tempo de oportunidade, momento propício:
Muitas vezes quando queremos algo, pedimos, imploramos. Mas Deus pela sua onisciência e onipresença sabe que aquilo que queremos poderá até nos tirar da presença do Senhor. [Ilustração: Um certo pastor falou a respeito de um jovem que era uma benção na igreja, era um testemunho para toda a igreja, só que um certo dia ficou sabendo de uma herança por parte de tio, e depois que recebeu o dinheiro começou a querer curtir a vida com seu carro novo, muitas mulheres. Tudo isso o levou a distanciar-se de Deus e acabou saindo da igreja]. No tempo de Deus, pelos acontecimentos, logo você saberá que é um tempo de oportunidade, tudo será realmente favorável na sua decisão, pois será Deus que estará na frente. Por isto vale a pena esperar o tempo propício de Deus.

• Tempo fixado, tempo estabelecido e apto:
Quando você vai para o ponto de ônibus num determinado horário é porque está confiando que naquele horário o ônibus vai passar, ou para um banco às 10:00 h é porque tem confiança de que naquele horário o banco estará aberto. Isto tudo nos mostra que confiamos no homem (Jr 17.5). Da mesma forma temos que confiar em Deus (Sl.40), pois tudo está determinado por Ele. O tempo está fixado e estabelecido por Deus e na hora certa as promessas de Deus irão se cumprir na sua vida.

1.5 A espera sempre se reflete em silêncio, e o silêncio de Deus sempre antecede uma ação peculiar de Deus para mudar nossas vidas: Quando Jesus subiu ao céu a cena foi uma cena contemplativa: “ E estando eles com os olhos fitos no céu...” (v.10). Não podemos também confundir espera com uma vida contemplativa, pois os discípulos saíram dali com a promessa de Deus para as suas vidas, para a vida da Igreja, e eles foram fazer o que estava em seus alcances: saíram do monte Olival e foram para Jerusalém (v.12), começaram reunir no cenáculo (v.13), perseveravam unânimes em oração (14), escolheram o substituto de Judas Iscariotes (23). Depois desse processo de espera e de silêncio por parte de Deus, Deus agiu: Derramou o Espírito Santo que foi prometido + ou – 600 anos antes! Deus foi fiel e Deus cumpriu.

1.6 Conclusão:
Quando os discípulos fitaram os olhos para os céus, aquela cena parecia um processo de que tudo estava se acabando. Sim! No tempo do homem parecia que tudo estava se acabando, mas no tempo de Deus, no Kaíros de Deus estava apenas começando.

Pergunta para os grupos responderem:
1. Qual a postura do crente diante de uma situação de espera através do estudo?
2. Quais foram os dois principais motivos que levou Deus ter uma rejeição para com o rei Saul?
3. No seu entendimento através do Estudo. Como você identifica que a decisão que vai tomar está dentro da vontade de Deus?

fonte;Pr, Orlando Carrafa dos Santos
prcarrafa@hotmail.com

www.plenitudenet.com

Essa é a Radio plenitude net transmitida via internet, ou seja, uma Web - Radio quem tem ganhado espaço nos corações de muitos, nossa radio não tem Limitação nos estamos no mundo todo através do endereço, www.plenitudenet.com você através desse endereço vai ouvir lindas canções de Deus pra sua vida é realmente por que Jesus te ama que essa plenitude net Gospel existe para abençoar você o nosso propósito é fazer você feliz com lindas canções e levar a palavra do Senhor Jesus com musicas leitura da bíblia e meditações,

A Bíblia está CHEIA de erros:


A Bíblia está CHEIA de erros:

- o primeiro erro foi quando Eva duvidou da Palavra de Deus;
- o segundo erro aconteceu quando seu esposo fez o mesmo;
- e assim erros e mais erros ainda estão sendo cometidos…
- porque as pessoas insistem em duvidar da Palavra de Deus.

A Bíblia está CHEIA de contradições:
- Ela contradiz o orgulho e o preconceito;
- Ela contradiz a lascívia e a desobediência;
- Ela contradiz o meu pecado e o seu.

A Bíblia está CHEIA de falhas:
- porque Ela é o relato de pessoas que falharam muitas vezes ;
- assim foi com a falha de Adão;
- com a falha de Caim;
- e a de Moisés;
- bem como a falha de Davi e a de muitos outros que também falharam.
- Mas Ela é também o relato do amor infalível de Deus.
Deus NÃO ESCREVEU a Bíblia:
- para pessoas que querem jogar com as palavras;
- para aqueles que gostam de examinar o que é bom mas sem fazê-lo;
- para o homem que não acredita porque não quer.
O homem moderno DESCARTOU os ensinamentos da Bíblia:
- pelas mesmas razões que outros homens tem descartado através da história, por grande ignorância a sua verdadeira mensagem e conteúdo;
- intransigente apatia em recusar considerar suas declarações;
- bem conhecidos pseudo-cientistas posando de críticos honestos;
- convicção secreta de que este Livro está certo e de que os homens estão errados.
Somente uma pessoa PRECONCEITUOSA acreditaria que:
- os ensinamentos biblícos são passados e irracionais, sendo princípios arcaicos e sem propósito;
- a Bíblia está cheia de discrepâncias e afirmações inaceitáveis;
- Ela só poderia ser trabalho irrelevante e não inspirado de meros homens.
A Bíblia é , afinal, somente mais um LIVRO RELIGIOSO:
- para milhares que não se arriscam serem honestos consigo mesmos e com Deus;
- para aqueles que tem medo de aceitar o desafio do próprio Deus a um exame honesto;
- para aqueles que não querem examiná-la a fundo porque Ela diz verdadeiramente como os homens são.

E você não pode ENTENDER ou CONFIAR no que a Bíblia diz:
- a menos que você esteja disposto a considerar as evidências e encarar face a face o AUTOR !

Fonte: http://irmavania.blogspot.com/

http://projetonovoimpulso.blogspot.com/

Rocha


Havia uma pedra no meio do caminho. Todos os que passavam naquele lugar tropeçavam nela. As reações eram as mais diferentes: Alguns saiam xingando. Outros olhavam para os lados, preocupados que alguém risse deles. Alguns caiam e ficavam sentados, lamentando sua sorte. Alguns diziam que iam reclamar com as autoridades, pois era inadmissível que ninguém tomasse providências. Outros, após tropeçar várias vezes, se esqueciam da pedra e tropeçavam novamente. Alguns sádicos resolveram ficar por perto para rir dos que tropeçavam. Certo dia, um cego se aproximou da pedra e se desviou dela, pois percebeu sua existência com a sua bengala. Um dia, alguém, querendo ajudar, colocou uma placa, alertando sobre a pedra. Mas muitos ficavam lendo a placa e se esqueciam da pedra, tropeçando novamente... Muitas vezes, em nossa caminhada, encontramos pedras no nosso caminho. São os problemas, as crises, as dificuldades, que tentam impedir nossa caminhada. Quando tropeçamos, alguns pensam que xingar e reclamar resolve o problema. Outros ficam preocupados com o que os outros vão dizer. Há aqueles que pensam que, porque caíram, não mais podem continuar a caminhada. Alguns querem que os outros se responsabilizem em tirar as pedras do caminho, enquanto outros ficam sentados, rindo daqueles que tropeçaram. E há ainda os que lêem as placas de sinalização, mas ficam presos à teoria, não se importando em olhar para o caminho. Pensam que saber das pedras já os livra dos tropeços. O cego, devido a sua experiência, antes de dar um passo, coloca sua bengala nos lugares em que vai pisar, para ter segurança. Até aprender isso, ele tropeçou várias vezes, mas aprendeu a caminhar apesar das pedras. Se você tropeçou e caiu, não tem que ficar prostrado. A vida continua, e muitas outras pedras haverá nela, mas elas não devem ser motivo para que você desista. Pelo contrário, use-as como incentivo para continuar em frente, a fim de alcançar a vitória.

fonte: pastor paulo cesar

palavras .

Não há espelho que melhor reflita a imagem do homem que suas palavras". (Luiz Vives)


"Conhecemos um pássaro pelo seu canto, e um homem, pelas suas palavras". (Paulo E. Holdcraft)


"Advogado é uma pessoa que escreve um documento de 10.000 palavras e o chama sumário". Franz Kafka, escritor, CHE, 1883-1924


"Você pode se lamentar muitas vezes por por ter pronunciado uma palavra indelicada, mas nunca por ter pronunciado uma palavra bondosa" - Bert Estabrook


"Poesia é a arte de vestir sentimentos com palavras". Alice Diniz

A diferença entre a palavra certa e a palavra quase certa é a diferença entre um relâmpago e um vaga-lume”. Esta frase é de Mark Twain, escritor que conhecia bem o valor da palavra certa.

"Se quiseres conversar comigo, define tuas palavras". Definir bem o que se está dizendo é fundamental para se ir a qualquer lugar. Sócrates

Se formos até o fim,


Se formos até o fim, como é o propósito do Senhor, alcançaremos a nossa vitória. Mas, se pararmos, ou se voltarmos atrás, seremos vencidos, destruídos. Portanto, não se desespere! Essa situação que você está vivendo, chegará ao fim, pois o nosso Deus é: “O Alfa e o Ômega, o princípio e o fim”. Isso nos garante que Ele está no controle de tudo e que nada está passando despercebido diante dos Seus olhos.


Você pode não está entendendo o porquê de tudo isso, mas Ele entende e sabe o porquê e está usando tudo isso a teu favor. Ele está permitindo você passar por tudo isso, para glorificar o nome Dele em sua vida, e para poder dizer ao teu respeito:
“Servo bom e fiel, porque perseveraste até o fim te darei a coroa da vida”
Pr Abilio Rocha

Saiba quem são os Illuminati


O Apóstolo Paulo, na Epístola aos Efésios cap. 6.10-18, nos adverte sobre estarmos equipados com toda a armadura de Deus. Já na Epístola aos Colossenses Cap.2.8 ele nos alerta: "Tende cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo e não de Cristo".

Criada a coroa do futuro sumo sacerdote do Novo Templo em Israel



Existe uma batalha espiritual entre a ordem illuminati e o bahaismo para estabelecer a nova ordem, onde os seus respectivos símbolos são a estrela de seis e nove pontas. No meio dessa disputa temos a escatologia islâmica. Mas quem vencerá essa batalha? Os illuminatis iniciaram a tentativa de estabelecer a sua ordem em Israel. Em Jerusalém, acaba de ser criada a coroa do futuro sumo sacerdote do templo. Supervisionados pelo Rabi Chaim Richman, os judeus também preparam-se para construir o terceiro templo próximo na esplanada das mesquitas.

Criada a coroa do futuro Sumo Sacerdote do Novo Templo em Israel

Na coroa está gravada as inscrição "Santidade ao Senhor"



A coroa ficará exposta na parte velha da cidade de Jerusalém até que a construção do templo esteja completa. As informações sobre o templo podem ser vistas no site Temple Institute (
clique aqui).

A função do sacerdote seria realizar os sacrifícios no templo e também anunciar a chegada do suposto messias. Para que esse falso messias seja aceito pelos judeus, ele precisa forjar a sua descendência do trono de Davi. Uma das formas de conseguir entrar nessa genealogia é se apresentar como um descendente do Imã Hussein que foi descendente de Bostanai. Bostanai foi o último descendente do rei Davi e ele viveu na Pérsia (atual Irã). Dessa forma, o messias judaico também possuiria descendência islâmica.

Um dos melhores candidatos da atualidade para o cargo é o presidente Obama, pois a mídia globalista tem condicionado os leitores em acreditar que o seu nome completo é Barack Hussein Obama. E isso acontece desde a sua posse como presidente dos EUA:

Os illuminatis, através de um falso descendente de Hussein, pretendem estabelecer uma ordem mundial materialista através da estrela de seis pontas. Podemos observar esse relacionamento quando vemos que a mídia gosta muito de enfatizar a imagem de Obama próximo a bandeira de Israel. Alias, todos os presidentes americanos anteriores, como Bush, prestaram esse louvor a bandeira israelense.

Na escatologia islâmica esse messias materialista é conhecido como o Masih ad-Dajjal que é o anticristo islâmico. Os muçulmanos crêem que o cristo cósmico (o Imã Mahdi) os libertará do Masih ad-Dajjal. Biblicamente, o Masih ad-Dajjal, é apenas mais um dos anticristos que surgiram durante as épocas.

Com tantos candidatos ao cargo de executivo mundial (leia-se Anticristo), é importante nesse momento saber o que a Bíblia diz sobre tudo isso: Quanto a construção do templo em Jerusalém, o Senhor Jesus foi bem claro quando profetizou que ali não ficaria pedra sobre pedra (LC 21:6). No passado, os judeus tentaram criar o templo e ele foi destruído em todas as tentativas. Em 87 a.C. – Nabucodonosor destrói Jerusalém e o Templo, expulsando as tribos de Judá. Em 70 d.C. – Tito reprime a revolta dos judeus e destrói e destrói o templo. E finalmente em 691 DC o califa Abd-el-Malik constrói a mesquita do Domo Rocha no mesmo local onde estava o templo.

De fato, existirá um templo em Israel, pois isso foi profetizado por Daniel (Dn 8:13, 11:31, 12:11). O profeta Ezequiel deixou escrito que a localização do templo será no norte de Israel, onde será colocada a imagem que provoca ciúmes de DEUS (Ez 8:3) . O Anticristo é um executivo e um príncipe (Dn 11:21) que será auxiliado por um DEUS estranho (Dn11:39) que é o cristo cósmico (Ap 17:8). Israel criou apenas uma coroa sacerdotal, mas o verdadeiro governo mundial terá dois sacerdotes (Ap 13:11).




(Fonte: Blogosfera)
www.iead-pvh.com/

Galeria de hoje Daniel da paz em camboriu ..











Luteranos escolhem lésbica assumida para integrar igreja em Estocolmo.


125767

A Igreja Luterana da Suécia é a primeira a escolher uma lésbica assumida como bispa no mundo. Eva Brunne (foto) é a nova bispa de Estocolmo.

Casada com Gunilla Lindén, com quem tem um filho de 3 anos, Brunne respondeu aos jornalistas que perguntavam se a decisão seria um problema para a Igreja brincando: “O jardim da casa dos bispos é grande o suficiente.”

Sobre a sua indicação como bispa, Brunne disse: “Eu estou feliz e muito orgulhosa de fazer parte de uma igreja que encoraja as pessoas a fazerem as suas próprias decisões. Diversidade é uma grande prosperidade.”

Desde 1º de maio de 2009 casais gays podem casar-se em cerimônias religiosas na Igreja Luterana da Suécia.

Fonte: Dykerama