Páginas

"Durma com ideias, acorde com atitude!"

Andando sobre as turbulências da vida



Andando sobre as turbulências da vida



Versículo Chave: Mateus 14: 22-33



Qual foi a oportunidade que você mais sentiu medo? Qual a maior turbulência que você tem ou teve na sua vida?


Jesus era um homem atarefado, presumia-se sem tempo para nada. Mesmo assim dedicava um horário para Deus.



1. Nada é distante o bastante para Jesus nos alcançar ou desestimula-lo para isso.



Não importa quão distante estamos de Jesus, Ele sempre pode nos alcançar (v24);



Não importa o esforço ou a hora a qual Ele se propõe a isso (v. 25);



Apesar disso, temos medo em vários sentidos em aceitar o seu poder em nossas vidas (medo de não sermos aceitos, medo das circunstâncias) apesar das diversas vezes as quais Ele nos chama (v. 26 e 27);



2. Quando tomamos uma atitude, uma ação, Ele nos capacita.



Mesmo nas dificuldades fazemos proezas que antes pareciam impossíveis para ultrapassar as barreiras que nos impedem de ir ao Seu encontro (v. 28 e 29)



Ele só quer que o chamemos de amigo, que o aceitemos como Senhor e faz qualquer coisa para isso;



O Seu desejo é que estejamos perto Dele, não importando nada além disso.



3. Mesmo duvidando podemos ter o Seu apoio incondicional para sentirmos o Seu calor. (v. 31)



4. A recompensa dessa confiança é a calmaria e a paz do Seu encontro (v. 32)





Conclusão



- Não queira ser como os discípulos que ficaram esperando por algo que não ia acontecer deixando o poder passar.- Tome uma atitude e caminhe sobre as adversidades.
 por 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pelo seu comentário!
Sua participação dá solidez a esta proposta, no entanto preste atenção:

É EXPRESSAMENTE PROIBIDA A POSTAGEM DE COMENTÁRIOS DISCRIMINATÓRIOS, RACISTAS, QUE OFENDAM A IMAGEM OU A MORAL OU DESRESPEITEM A LEGISLAÇÃO EM VIGOR.

INFORMAMOS QUE O IP DE TODOS AQUELES QUE NÃO RESPEITAREM AS REGRAS DESTE BLOG, ESTÃO DISPONÍVEIS ATRAVÉS DOS SITES DE ESTATÍSTICAS, E SERÃO FORNECIDOS À JUSTIÇA, CASO SEJAM REQUISITADOS POR AUTORIDADE LEGAL.
M. Rocha