Páginas

"Durma com ideias, acorde com atitude!"

A questão da ansiedade (Mt 6:25-34)









A ambição secular causa muita ansiedade (vs. 31,32), mas o cristão é diferente, pois seu tesouro está no céu, sua visão está no envestimento eterno. O cristão não serve a dois senhores, não é escravo do desejo de ficar rico, sua ambição é outra. Assim sendo, que tipo de ansiedade é completamente inútil:
1. Por causa do valor da vida (vs. 25,26)
"Não é a vida mais do que o alimento...". "Porventura não valeis vós muito mais que as aves?" A vida humana não depende apenas de alimento e vestes materiais, pois a vida é eterna e está acima de todas as coisas (Mt 4:4; 1 Co 15:19,32).


2. Por não promover resultados (v.27)
Por mais ansioso que alquém esteja, não poderá aumenter 45 cm à sua estatura. A ansiedade não produz resultados na vida de ninguém, pode até piorar a situação (Sl 46:10).

3. Por demontrar mundanismo (v.32)
Os gentios (pessoas que não confiam em Deus) é que vivem ansiosos, perdem o sono e o apetite, porque estão em busca de um tesouro terreno.

4. Por não resolver o mal do amanhã (V.34)
Por mais que alguém seja precavido, o amanhã trará situações a serem resolvidas e ninguém poderá resolver todas as questões no mesmo dia. É de grande sabedoria não sofrer (ficar ansioso) com supostos problemas do dia de amanhã, ainda mais quando os nossos olhos e motivações estão no reino de Deus e sua justiça.

É importante lembrar que este texto, não é contra o trabalho e esforço, portanto não estar ansioso não tem nada a ver com a preguiça e vida negligente, mas sim com uma firme dependência e confiança no Pai celeste. (Sl 127:2).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pelo seu comentário!
Sua participação dá solidez a esta proposta, no entanto preste atenção:

É EXPRESSAMENTE PROIBIDA A POSTAGEM DE COMENTÁRIOS DISCRIMINATÓRIOS, RACISTAS, QUE OFENDAM A IMAGEM OU A MORAL OU DESRESPEITEM A LEGISLAÇÃO EM VIGOR.

INFORMAMOS QUE O IP DE TODOS AQUELES QUE NÃO RESPEITAREM AS REGRAS DESTE BLOG, ESTÃO DISPONÍVEIS ATRAVÉS DOS SITES DE ESTATÍSTICAS, E SERÃO FORNECIDOS À JUSTIÇA, CASO SEJAM REQUISITADOS POR AUTORIDADE LEGAL.
M. Rocha