Páginas

"Durma com ideias, acorde com atitude!"

“A soberba precede a ruína”



No último sábado, 06 de julho, em Las Vegas, foi realizada a edição 162 do Ultimate Fighting Championship (UFC) em que o lutador brasileiro Anderson Silva defendia o cinturão dos pesos médios contra norte-americano Chris Weidman.

Conhecido como “Spider”, Silva foi derrotado por nocaute no segundo round. No entanto, o que atraiu holofotes da mídia e dos fãs do esporte nas redes sociais foi o excesso de confiança do brasileiro durante a luta, e as provocações que precederam os golpes que determinaram sua derrota.

No Twitter o pastor Mark Driscoll, líder da megaigreja Mars Hill, em Seattle, sugeriu a Anderson Silva a leitura de um versículo bíblico sobre o orgulho e a vaidade: “Aqui está um versículo para você Spider Anderson. Provérbios 16:18: A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda. #ufc162”, escreveu.



Chris Weidman é um lutador com formação olímpica e evangélico, membro de uma Igreja Luterana. Seu pai, Charlie Weidman disse antes da luta que seu filho tinha todo o suporte necessário, e por isso acreditava que ele seria o vencedor: “Chris vai estar naquele ringue com seus anjos, não só os anjos de Deus, mas os anjos de sua família, as pessoas que o apoiam, que o ajudam”, afirmou.

Ao final da luta, o pai do lutador voltou ao tema e disse que seu filho havia se tornado vencedor por um propósito divino, pois uma lesão no ombro havia colocado a carreira de Chris em risco: “Então, se você acha que isso é apenas sorte, você pode acreditar, mas se você tem um relacionamento com Deus, você pode acreditar que é um plano dele”.

O lutador disse em entrevista após a luta que a sensação de vencer é única: “Me sinto incrível pelo que aconteceu. Parece surreal [...] Respeitem Anderson Silva. Ele é um ídolo, quero a revanche, mas eu venho buscando isso há muito tempo”, afirmou.

Sobre a luta em si, Weidman disse que havia se preparado para aproveitar os erros de Anderson Silva, e que mesmo assim, sabia que somente Deus poderia ajudá-lo a sair vencedor: “Achei que ele não deveria brincar comigo. Eu estava preparado para isso. Sabia que poderia fazer isso e consegui. Eu me sinto incrível por isso. Imaginei isso acontecendo. Ainda parece muito surreal. A única forma de isso acontecer era por Deus. Obrigado ao MMA”, declarou.

Já Anderson Silva afirmou que seu oponente havia sido realmente melhor, e que não pretendia voltar a lutar pelo título do UFC: “Eu trabalhei duro para estar aqui, respeito muito os Estados Unidos, o UFC, mas Chris Weidman é o melhor hoje. Estou muito cansado, preciso descansar. Tenho mais dez lutas no contrato, mas eu não luto mais pelo cinturão [...] Todo lutador tenta o seu melhor. Não é a primeira vez que perco na vida. A gente treina para vencer”, concluiu.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pelo seu comentário!
Sua participação dá solidez a esta proposta, no entanto preste atenção:

É EXPRESSAMENTE PROIBIDA A POSTAGEM DE COMENTÁRIOS DISCRIMINATÓRIOS, RACISTAS, QUE OFENDAM A IMAGEM OU A MORAL OU DESRESPEITEM A LEGISLAÇÃO EM VIGOR.

INFORMAMOS QUE O IP DE TODOS AQUELES QUE NÃO RESPEITAREM AS REGRAS DESTE BLOG, ESTÃO DISPONÍVEIS ATRAVÉS DOS SITES DE ESTATÍSTICAS, E SERÃO FORNECIDOS À JUSTIÇA, CASO SEJAM REQUISITADOS POR AUTORIDADE LEGAL.
M. Rocha