Páginas

"Durma com ideias, acorde com atitude!"

10 SINAIS DE QUE VOCÊ ESTÁ SENDO TRAÍDO


Algumas pessoas consideram fidelidade como algo para cachorros. Outros a colocam como um dos pilares mais importantes do relacionamento e, quando ocorre, é o fim de tudo. Traições conjugais acontecem no mundo todo e cada povo tem sua maneira de lidar com a coisa, não só quando está pulando a cerca como também quando é a parte traída da relação. E muita gente tenta desvendar os indícios de que a infidelidade corre solta no seu namoro ou casamento.


A escritora americana Ruth Houston, por exemplo, conseguiu relacionar 829 indícios de infidelidade no livro Is He Cheating You? (Ele a está enganando?), partindo de uma estatística totalmente irreal de que 50% a 70% dos maridos americanos traem as suas esposas. Típico exemplo da neurose norte-americana em relação à traição, a autora usa expressões quase apocalípticas como "ignorância não é uma benção", "Seu futuro está em risco" ou "proteja seus filhos" para dar dicas a desesperadas donas de casa, receosas que seus casamentos possuam um terceiro elemento.

Exageros à parte, ao pesquisar o assunto entre casais e literatura especializada vimos que existem, sim, alguns sinais de que alguém não está se comportando como devia na relação e conseguimos relacionar os 10 mais comuns:

1.
Nunca há ligações recebidas ou feitas no celular do parceiro/parceira: apagar rastros é necessário para quem trai, mas não manter as mesmas condições de pressão e temperatura de tempos normais vai criar mais desconfiança que aliviar a barra. Uma pessoa com o celular "limpo" o tempo todo ou é antissocial demais ou está aprontando alguma coisa.

2.
Mudanças radicais de horário: se seu parceiro/parceira passa a fazer mais horas extras que convencional, as viagens e jantares de negócios aumentam e de repente ele ou ela começa a fazer cursos no meio da semana, isso significa que finalmente está crescendo um interesse no crescimento profissional. Se o curso não tem apostila ou material, o ramal nunca é atendido depois das 18h e nas viagens de negócios o celular não dava sinal, comece a desconfiar.

3.
Horas acordado na frente do computador: traições virtuais também contam e salas de chats e mensageiros eletrônicos são ótimos locais para inocentes encontros. Fique alerta se toda noite é só você ir se deitar para seu parceiro/parceira correr para o computador.

4.
Ele/Ela se distancia de sua família: isso faz parte do remorso do traidor já que quanto menos estiver envolvido no mundo do parceiro, menor culpa vai sentir. E não só a família do parceiro é abandonada. Os amigos também. Mesmo porque eles notam quando algo está errado.

5.
"Papos-Cabeça" sobre códigos morais: esse é muito divertido. Se um dos dois começa a trazer assuntos polêmicos, como monogamia ser superestimada ou qual o sentido da expressão "eu te amo", é sinal de que está precisando de alguma atenuante para o caso de ser descoberto fazendo algo que não devia.

6.
Reações inusitadas a bons tratos: quando o parceiro(a) começa a agir estranhamente (se fecha, fica triste, etc) quando você faz algo bacana, gentil ou romântico é hora de promover uma DR. O traído é supostamente a pessoa que está transformando a vida do outro num inferno (daí a traição) e ao fazer algo legal, provoca o famoso sentimento de culpa no traidor e o força a repensar suas atitudes.

7.
Montanha-russa de brigas: quando alguém decide trair, quer automaticamente sustentar suas atitudes criminalizando o outro, e dá-lhe inventar motivos para uma discussão idiota para poder justificar a fuga da relação. O inverso porém, também pode acontecer. Assuntos que antes eram polêmicos ou cobranças que eram feitas, de repente deixam de ser, e aí coisa pode estar pegando.

8.
Acusações sem sentido: geralmente quando um parceiro constantemente faz acusações sem provas de que o outro o está traindo, provavelmente está projetando as suas próprias atitudes. O ato de trair é mais facilmente suportado que seu "dia seguinte" e a possibilidade de se ver na mesma situação que seu parceiro assombra.

9.
Longas saídas para coisas rápidas: essa é ótima para casados. Quando o parceiro ou parceira começa a ficar extremamente solícito para realizar pequenas coisas fora de casa como ir ao mercado, levar o cachorro para passear, comprar cigarros e demora muito mais tempo do que deveria, então aí tem. É o momento perfeito para usar o celular e bater longos papos com o "outro" ou "outra".

10.
Mudanças radicais no visual: a pessoa começa a se preocupar em ficar mais elegante, jovial e sensual e ao mesmo tempo, tanto o sexo como o romantismo no casal está praticamente nulo. Acredite, não é para você que o parceiro(a) está se arrumando.
fonte:portal terra
http://blogdogudin.blogspot.com/

TRES GEMIDOS. TRES PROPOSITOS (Romanos 8:22,23e26)

- Gemido é um lamento doloroso, um som inarticulado. No sentido bíblico, é alguém estar sofrendo uma tristeza muito profunda, sem quase nenhuma esperança humana de socorro.

- A primeira vez na Bíblia, que aparece a palavra gemido, é em Ex.2:24, Israel gemendo pela opressão de Faraó. Não tinham culpa de estarem ali, pois foram trazidos por seus pais. Quatrocentos anos já tinham se passados desde que vieram para ali. Se considerarmos que uma geração na Bíblia, duros quarenta anos, dez gerações já se tinham passado e, já estava reinando um novo Faraó, que desconhecia os filhos de Israel, sua história, passado, e nem por que estavam ali.

- Israel então:

1o - Suspirou

2o - Clamou

3o - Gemeu - e Deus ouviram seu gemido (Ex.2:23e24).

- No texto que lemos, vemos três elementos gemendo, cada um com um propósito, aguardando alguma coisa:


1 ) A criação:

¨Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora¨ (Rom.8:22)

a) A criação não tem culpa do estado de maldição em que ela está hoje. Ela teve seu estado original alterado (Rom.8:20).

b) No relato da criação, Deus fez tudo perfeito, abençoou e disse que era bom. A terra foi criada somente para produzir ervas verde e árvores frutíferas para mantimento do homem (Gen.1:29).

c) Quando o homem pecou, ele próprio alterou todo o sistema, e a terra passou a produzir espinhos e cardos, contra sua vontade (Gen.3:18).

d) Todo o sistema foi alterado, o domínio de tudo que foi dado ao homem, perdeu-se, e as feras e animais selvagens, passaram a amedrontá-lo (Gen.1:28).

e) As dores de parto que a terra sente (vs.22), é o aguardo de um novo céu e uma nova terra, que serão gerados por Deus. No milênio, todas as características originais, serão restauradas (Ap.21:1).


2o ) A Igreja

- E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo (Rom.8:23)

a) A igreja geme, por ter as primícias do Espírito: Primícias ? Primeiros frutos da terra, que eram oferecidos ao Senhor. É terrível estarmos limitados por nossa carne, de desfrutarmos plenamente as abundâncias do Espírito. Somente as primícias (Rom.8:18).

b) Gememos esperando a libertação desse corpo, da carne. Queremos e precisamos fazer o bem, mas nem sempre conseguimos. Paulo viveu esse conflito espiritual: ?Por que não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço? (Rom.7:19).

c) Gememos, pois queremos deixar esse tabernáculo, esse corpo mortal, inclinado ao pecado, para recebermos nosso novo corpo. Nesse corpo corruptível, há uma centelha de Deus, que almeja e deseja somente Ele (I Cor.15:53).

d) Gememos esperando nossa adoção, como plenos filhos de Deus. É difícil sabermos que somos filhos, mas não temos ainda o os direitos adquiridos dessa filiação: ?Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele, porque assim como é o veremos? (I Jo.3:2).


3) O Espírito

- E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas, porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis? (Rom.8:26).

a) Em último estágio, vemos o Espírito gemendo, suspirando pelas nossas fraquezas e fracassos. É um nível de gemido intenso e profundo, sentindo dores.

b) É um gemido diferente dos demais. Inexprimíveis: Que não consegue entender por palavras, gestos e fisionomias. Não há ninguém nesse mundo que consiga entender seu lamento. Uma voz silenciosa

c) Só se conhece algo na voz silenciosa, quando se sabe a intenção dessa voz. E Deus sabe qual é a intenção do Espírito ao interceder pelo crente: ?E Aquele que examina os corações, sabe qual é a intenção do Espírito... (Rom.8:27ª).

fonte ;pr.abilio rocha

http://abilioarocha.blogspot.com

Galeria de hoje Mizael Duarte.