Páginas

"Durma com ideias, acorde com atitude!"

VENCENDO AS OPOSIÇÕES

[

Paulo começa a fazer planos para ir a Coríntios, não de passagem, mas de permanecer. E algo muito importante e necessário para a vida do cristão ele diz: “Se o Senhor permitir” . Assim ele quer dizer que a sua vida tem que ser na vontade de Deus. Às vezes, pensamos que a vontade de Deus nas nossas vidas é quando tudo dá certinho, a mil maravilhas, quando nada dá errado e quando não passamos por dificuldades. Por isto é que no verso 17 ele coloca: uma porta grande (ampla) e oportuna (promissora) se abriu para o trabalho; e há muitos adversários. EM MOMENTOS DE CRISES E DIFÍCEIS É QUE TEMOS QUE SOBRESSAIR E TIRAR PROVEITO. Pois, para aqueles que não têm Deus o momento de crise é momento de desespero, de entregar os pontos e desistir de lutar. Por outro lado, achamos que se for da vontade de Deus tem que ser certinho e com seus encaixes perfeitos. Mas, nem tudo certinho, bonitinho, e que se encaixa perfeitamente é a vontade de Deus. Paulo enfrentou 3 focos de oposição em Éfeso: 1) As forças espirituais; 2) Oposição humana; 3) Oposição religiosa. 

1.2 Transição:
Na bíblia há várias experiências de pessoas nessas três áreas:

1.3 Oposição Espiritual (I Reis 16.29 – 18-41):
Elias enfrentou uma grande oposição de forças espirituais. Com o casamento de Acabe, rei de Israel, com Jezabel, filha do rei Sidônio, ela acabou levando o seu deus chamado baal (16.31) para Israel, e começaram uma adoração a Baal (deus da fertilidade). A luta de Elias foi para mostrar ao povo que o Deus de Israel era o Deus da fertilidade e de tudo, e que não existia outros deuses. Por isto ele começou enfrentar a oposição espiritual:

· Orou para que não chovesse (17.1-7):
(v.1): “Tão certo como vive o Senhor, Deus de Israel, perante cuja face estou, nem orvalho nem chuva haverá nestes anos, segundo a minha palavra”. O povo queria fartura nas lavouras, prosperidade nos campos e por isto abandonaram ao Senhor em busca do fácil. (Jr.2.13) “Porque dois males cometeu o meu povo; a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas”. Cisternas rotas não seguram as águas, elas até dão água, mas as águas não ficam ali, vazam pela terra. Cisternas rotas significam o que é passageiro, que a princípio nos encanta, mas não têm consistência. Como Israel, muitas pessoas abandonam aquilo que é genuinamente de Deus, por discursos religiosos que prometem as coisas e as bênçãos fáceis. Isto é o evangelho fácil, o evangelho de baal.

· Desafiou a oposição espiritual:
Para desafiar a oposição espiritual é necessário ter vida no altar de Deus: (19.10) “Tenho sido zeloso pelo Senhor, Deus dos Exércitos”. Elias tinha certeza que somente ele teria condição de lutar contras as forças de Baal e seus profetas porque ele tinha sido zeloso e fiel ao Senhor dos Exércitos.

· Chamou o povo a escolher de uma vez por todas o que queria:
O chamamento de Elias para com o povo foi: (18.21) “até quando coxeareis (oscilar) entre dois pensamentos?” Elias faz um apelo ao povo para voltar a Deus, pediu para que o altar fosse restaurado (31).

· Elias provou que o seu Deus é verdadeiro e é o único Deus:
Muitos gostam de falar do momento em que Elias prova ao povo o verdadeiro Deus de Israel quando Deus responde diante dos profetas de baal com fogo, mas esquecem que Elias provou mesmo quando ele orou para Deus pedindo chuva, pois, tinha sido ele mesmo que pediu para que parasse de chover: “Eis que se levanta do mar uma nuvem pequena como a palma da mão de homem”. Desta maneira Elias provou ao povo que o nosso Deus é aquele que responde com fogo, com água, com cicio tranqüilo... O mais importante é que Ele é um Deus que responde, e que a sua resposta sempre vem, mesmo quando às vezes, ainda na primeira vez, não conseguimos ver nada: (I Rs.18.43): “Sobe e olha para a banda do mar. Ele subiu e disse: Não há nada”. Mesmo que a nossa benção pareça pequena, do tamanho da mão de um homem, ou pareça que ainda está um pouco distante a ponto de não conseguirmos enxergar, o sinal é de que vai chover! Que haverá derramamento e que a sua benção você vai ver, e vai receber. E desta forma você vai provar para aqueles que te criticam, que fazem oposição, que o seu Deus é verdadeiro, que é único e real. 

1.4 Porque se levanta a oposição espiritual?
No primeiro momento é para neutralizar tudo aquilo que queremos avançar: na vida material, física e espiritual. Segundo é para desafiar o verdadeiro Deus, e terceiro é para oferecer saída naquilo em que sabemos que não há saída.

1.5 Oposição Humana:
A oposição humana sempre acontece quando temos diante de nós uma oportunidade de mudança de transformação: (v.7) “porque uma porta grande e oportuna de trabalho se me abriu”; na BLH diz: “Pois encontrei aqui ótimas oportunidades para um grande e proveitoso trabalho, embora muita gente esteja contra mim”. Quando você estiver diante de uma situação destas terá apenas dois caminhos. 1o) Olhar para aqueles que são os seus adversários ou olhar para a sua capacidade de fazer e realizar; 2o ) Aproveitar o momento de oportunidade, segurar a benção e avançar ou desistir. 

· Paulo foi um homem que teve de enfrentar grandes oposições humanas na igreja de Coríntios:
Se as críticas das pessoas têm feito você desistir e não aproveitar a oportunidades, veja então, quais foram as críticas sofridas por Paulo diante dos superapóstolos:

b)De presença pastoral fraca:
(2 Cor.10.10a BLH) “ Alguém vai dizer: As cartas de Paulo são severas e duras; mas, quando está conosco, é tímido...” É duro para qualquer pastor ouvir isto, imagine Paulo? A igreja falava que a sua presença pastoral era fraca, e ele só tinha coragem de chamar a atenção da igreja quando estava longe. Mas mesmo ouvindo isto Paulo não desistiu do seu chamado.

c) Que pregava mal:
Até isto irmão, Paulo teve que ouvir que pregava mal: ( 2Cor 10.10b) “... quando fala é um fracasso”. A igreja de Coríntios considerava Paulo um péssimo pregador diante dos superapóstolos, mas mesmo ouvindo isto ele continuou no propósito o qual Deus o tinha chamado. Paulo então faz a sua defesa dizendo assim: Aquele, porém, que se gloria, glorie-se no Senhor. Porque não é aprovado o que a si mesmo se louva, e sim aquele a quem o Senhor louva (2 Cor.10.17-18) ... “Porque suponho em nada ter sido inferior a esses tais apóstolos. E, embora seja falto no falar, não o sou no conhecimento...” (vs.10. 5-6).

d) A oposição humana vem para neutralizar, entristecer e fazer que você desista do seu sonho, do seu projeto e do projeto que Deus tem para a sua vida:
É preciso deixar de ouvir as críticas, parar de olhar para os opositores e passar a ouvir a voz do Senhor: 

1.6 Oposição religiosa:
A oposição religiosa acontece para neutralizar o evangelho de Cristo. O evangelho de Cristo não é uma religião e sim a Verdade, e o próprio Paulo sofreu oposição religiosa que vinha contra o seu chamado e contra a mensagem de Cristo.

· Da oposição dos Judeus (v.2):
“... veio a crer uma grande multidão... Mas os judeus incrédulos incitaram e irritaram os ânimos dos gentios” (v.1-2). Preste atenção, os judeus atrapalharam a missão em Antioquia, e agora estavam atrapalhando a missão em Icônio. Os missionários apenas mudaram de lugar, mas o problema ainda continuava sendo o mesmo, pois, nem sempre o certo é mudar de lugar para enfrentar os problemas, e sim enfrentá-los de frente.

· Sempre teremos que enfrentar oposição daqueles que não querem o nosso sucesso na obra de Deus:
Quem hoje te impede de exercer a sua missão na obra de Deus? Muitas das vezes, esta oposição acontece dentro de casa, ou dentro da própria igreja. Se isto acontece contigo, lembre-se do que aconteceu com Davi: quando ele foi levar alimentação para o exército de Israel, chegando lá ele viu o exército de Israel ser insultado pelo gigante Golias, e logo questionou: “Quem é, pois, este incircunciso filisteu para afrontar o exército do Deus vivo?” (I Sm.17.26b). Depois destas palavras, Eliabe, irmão de Davi tremeu, e lançou algumas palavras para Davi sair o mais rápido possível: “Por que desceste aqui? E a quem deixaste aquelas poucas ovelhas no deserto? Bem conheço a tua presunção e a tua maldade; desceste apenas para ver a peleja”. (v.28b). Eliabe, irmão de Davi, estava falando assim: você não serve nem para cuidar de algumas ovelhas e ainda quer ver a desgraça dos outros? Se Davi fosse dar ouvidos ao seu irmão mais velho, jamais teria sido quem foi e lembrado até hoje... Pois a vida é feita de momentos, e nós como servos de Deus temos que ser hábeis para aproveitar estes momentos que Deus tem colocado na nossa frente.Pr. Orlando Carrafa dos Santo 
prcarrafa@metodistanovacanaa.com