Páginas

"Durma com ideias, acorde com atitude!"

Famoso Pastor Pentencostal é morto por toxicodependente

pastor Pentencostal Francisco Cruz Velázquez, dedicou sua vida servindo e resgatando, necessitados de reabilitação, dado-lhes alternativas para superar a dependência. Um dos muitos que ele ajudou, tirou sua vida, sufocando.

O pastor do movimento pentecostal La Roca, Francisco Cruz Velázquez, 74, foi encontrado morto na tarde de quinta-feira, 5 fevereiro, no porta malas do seu carro no setor rodoviário Asturianas #914, Humacao, nas margens de um rio, informou o diretor do Corpo Investigação Criminal (CIC), em Humacao, Juan Torres.

O falecido era irmão do Rev. Nicky Cruz, que ganhou fama por ser membro de gangue em Nova Iorque, e cuja vida foi transformada pelo Evangelho.

O septuagenário foi ontem dado como desaparecido por sua esposa, Maria Claudio Roque. Ela não soube mais dele desde ás 5h20, quando ele deixou a sua residência no bairro Collor Hoyo Frio, em Las Piedras. Ele foi acompanhado por um dos jovens que ajudou a reabilitar no La Roca Christian Center, que lhe pediu ajuda para o conduzir a um posto de gasolina, porque tinha acabado o combustível de seu veículo.

Ontem, por acaso, a polícia a localizou o veículo do reverendo estacionado ao lado de um rio.

Um cidadão incomodado com o indivíduo que tinha alegadamente raptado o reverendo, porque ele estava escalando a sua casa, estava indo em direção a Astúrias, para denunciaá-lo. No caminho, ele viu um um carro compacto fora da estrada, mas correu para esconder em um arbusto.

Quando policiais chegaram ao local encontraram sangue no carro e as chaves na fechadura da mala. Abriram e encontraram o corpo de Cruz Velázquez.

De acordo com a cena sugeriu o homem foi morto em outro lugar e depois levado para ser colocado na mala do carro, onde dois bandidos queriam queimar para apagar todas as provas do seu crime.

Torres revelou que ao lado do veículo foi recuperado, como prova um galão de gasolina. O corpo do pastor, que tinha um cinto amarrado em volta do pescoço, tinha hematomas em diversas partes do corpo e lacerações na parte inferior das costas.

“Ele morreu aparentemente por estrangulamento, pois tinha um cinto ao redor do pescoço”, disse Torres.

Os detetives identificaram Jomar Otero Rivera como o alegado suspeito dos fatos, que foi a última pessoa que foi vista com ele e, depois, na cena em que seu corpo foi localizado.

Este sujeito aparece fichado na polícia em 23 de setembro de 2008, sob a acusação de apropriação ilegal.

Ele tem como sinal uma tatuagem de uma lágrima no osso malar esquerdo.

Traduzido por: Notícias Cristãs
Fonte: Noticia Cristiana / Gospel+

www.plenitudenet.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pelo seu comentário!
Sua participação dá solidez a esta proposta, no entanto preste atenção:

É EXPRESSAMENTE PROIBIDA A POSTAGEM DE COMENTÁRIOS DISCRIMINATÓRIOS, RACISTAS, QUE OFENDAM A IMAGEM OU A MORAL OU DESRESPEITEM A LEGISLAÇÃO EM VIGOR.

INFORMAMOS QUE O IP DE TODOS AQUELES QUE NÃO RESPEITAREM AS REGRAS DESTE BLOG, ESTÃO DISPONÍVEIS ATRAVÉS DOS SITES DE ESTATÍSTICAS, E SERÃO FORNECIDOS À JUSTIÇA, CASO SEJAM REQUISITADOS POR AUTORIDADE LEGAL.
M. Rocha